10 dicas para ter muito prazer durante a masturbação feminina

Tempo de leitura: 3 minutos

A masturbação é uma forma incrível de descobrir o corpo, em especial as zonas erógenas e os toques que podem ocasionar sensações deliciosas. Contudo, a autossatisfação é uma prática saudável e que melhora diversos aspectos da sua vida, tais como autoconfiança, segurança e autoestima.

Se perceber como ser sexual e sensual é fundamental para a preservação da saúde mental, emocional e física. Esta incidência na saúde geral do indivíduo vai além da questão relacionada ao prazer, o reconhecimento do próprio corpo desde uma perspectiva erótica ocasiona a produção de diversos hormônios relacionados ao bem-estar.

É comum ver mulheres querendo conhecer o mapa sexual do seu corpo, contudo, não têm “armas” suficientes para fazer isso. Ok, a masturbação é algo inerente ao ser humano, ou seja, você, a sua vizinha, a sua mãe (sim, mãe também tem vida sexual, felizmente), a sua irmã têm o dom de se tocar e instintivamente saber quais locais oferecem prazer, contudo, há certas partes do corpo que também são fontes de prazer, porém permanecem desconhecidas.

Para descobrir onde estão situadas as zonas erógenas, nada melhor do que contar com dicas interessantes e que funcionam na hora de buscar o próprio prazer.

Dicas para ter orgasmos intensos na masturbação

  • Não tenha pressa

Estar ansiosa e esperando um rápido orgasmo é um impedimento para o processo de autoconhecimento e satisfação. Antes de chegar aos genitais, toque os seios, bumbum, parte interna das coxas, estas carícias farão você ter mais confiança e se sentir mais sexy.

  • Ache a posição ideal

Entre as inúmeras formas de buscar a autossatisfação, as mais prazerosas são deitada de lado, deitada de costas, sentada na beira da cama e sentada em uma cadeira. Embora estas sejam posturas bacanas, o importante é buscar inovar e prestar atenção nos sinais do corpo. Invista em outras posições e verifique se elas funcionam para você.

  • Preste atenção ao clitóris

Esta estimulação é a preferida das mulheres e é a técnica que mais oferece orgasmos. Os resultados deliciosos são frutos da inervação e da grande vascularização desta estrutura. Antes de iniciar a masturbação, passe lubrificante em toda a vulva, isso porque a superfície lubrificada permite que as mãos deslizem mais facilmente.

  • Achar o ponto G

Este encontra-se há uns 4 cm da entrada da vagina. Embora muitos especialistas sejam relutantes quanto a sua existência, a verdade é que se você tocar essa região da vagina (com uma superfície mais irregular e áspera) certamente chegará ao orgasmo.

  • Masturbação a dois

Experimente se tocar enquanto está mantendo uma relação sexual. As posições ideais para fazer isso são de conchinha, vaqueiro e de quatro.

  • Exibicionismo para o par

Que tal fazer um show privê para o par? Mostre que você entende o seu corpo e masturbe-se na frente do seu amor. Ele irá adorar!

  • O ambiente ajuda

Busque um lugar sossegado, onde você possa explorar o seu corpo à vontade. Para melhorar o clima, acenda velas aromáticas, incensos, baixe a iluminação, coloque música e tome um belo banho e passe óleo ou hidratante.

  • Nada de tabus

Não tenha vergonha de tocar o seu corpo. Este momento é supernatural, prazeroso e saudável. Aprender a gozar sozinha é o caminho rumo a orgasmos intensos com o par.

  • Imaginação é tudo

Você assistiu a um filme, viu uma cena erótica e ficou cheia de vontade de reproduzi-la? Então, use a criatividade e pense nisso na hora da masturbação.

  • Os brinquedinhos são uma ótima alternativa

Uma ajuda extra nunca é demais para potencializar o resultado da masturbação. Para isso, utilize vibradores, próteses, cápsulas vibratórias, entre outras opções. Eles são perfeitos para aumentar a excitação e promover o clímax. E aí, gostou das dicas? Coloque-as em prática e perceba grandes mudanças nos estímulos, sensações e no prazer da masturbação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *