Você sabe o que é dogging?

Tempo de leitura: 2 minutos

Certamente se você nunca ouviu falar em dogging deve estar se perguntando se tem algo a ver com dog (cão, em inglês), mas não diretamente. Existe apenas a ideia de que os praticantes possam ter sexo ao ar livre em qualquer lugar, como o melhor amigo do homem, hehehe.

Esta prática consiste em se exibir (voyeur), trocar carícias ou ter relações sexuais consensuais com desconhecidos em locais públicos. A maioria das vezes isso é praticado em carros ou parques.

Dogging tem regras?

Sim, há regras no dogging e elas são bem simples.

Luz interior do carro ligada significa que você dá a permissão para assistirem. Nesse ponto, geralmente muitos curiosos ficam em volta do seu carro se masturbando e esperando algo mais.

Se abrir a janela, você está dando a liberdade de que lhe toquem. As pessoas colocarão suas mãos e pegarão onde puderem. Casais mais ousados se divertem praticando sexo oral em desconhecidos…

Se o casal sair do carro ou deixar a porta aberta, ai está tudo liberado. Os curiosos chegam, passam as mãos, beijam e transam interagindo com o casal.

Além disso, é expressamente proibido fazer fotos, a não ser que o alguém solicite e autorize. Veja bem, isso tudo é por uma questão de sigilo. geralmente que descumpre isso não terá mais espaço naquele local.

Existem lugares específicos para dogging?

Em sua grande maioria, os locais usados para o dogging são ruas com pouca iluminação, parques e com pouquíssimo movimento.

E São Paulo, no bairro Paraíso, próximo ao batalhão de polícia, rolam encontros deste gênero a mais de 20 anos. Apesar do policiamento constante, isso não inibe os praticantes que gostam do perigo e adrenalina gerados pela situação.

É combinado ou ao acaso?

A maioria dos “encontros” são ao acaso. Até mesmo porque o dogging é isso, encontrar desconhecidos, sem perguntas, sem conversas.

Alguns casais chegam a trocar contatos a fim de encontros futuros, mas a sua grande maioria prefere se manter no anonimato, com algo rápido e casual.

Existem também aqueles que anunciam o “show” ou então combinam com algumas pessoas para se encontrar em tal lugar e horário.

Diversos aplicativos e sites criam uma comunidade que define lugares bons para os atos, facilitando a vida de quem adora isso. Existem comunidades no Facebook, perfis no Twitter e redes sociais privadas para que tudo isso possa acontecer.

Onde tudo começou. A história do dogging:

Na Inglaterra nos anos 70 o dogging era praticado pela comunidade gay e chamado de cruising. Homossexuais saiam pelas ruas a procura de um ou mais parceiros para sexo.

Desde então o cruising evoluiu para dogging e adeptos heterossexuais passaram a experimentar, o que aumentou e muito a comunidade.

No Brasil, apesar de algo pouco falado, esta em constante crescimento. Basta visitar algumas redes sociais que encontrará centenas de milhares de usuários na espera.


Então, se você está afim, vá fundo, divirta-se e aproveite ao máximo.

Tem alguma história legal e gostaria de nos contar? Nos escreva!

Ficaremos felizes em publicar sua experiência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *